sábado, 29 de setembro de 2007

Início do Ano Lectivo 2007/ 2008

Começou esta semana o ano lectivo para os caloiros, o que significa o início das praxes e das festas académicas que a acompanham. Estas fotos foram tiradas pelo UM Dicas, aos caloiros de LCO, durante a recepção aos novos caloiros feita pelo Reitor, pela sua santidade o Papa e pelo presidente da AAUM (penso eu).








Foi também esta semana que houve o primeiro jantar de curso do ano e onde foi batido o recorde de pessoas, que penso que ainda deverá ser batido durante este ano :D . Foi um jantar porreiro com muito vinho e um ambiente muito positivo. Espero que tenham gostado para eu continuar a organizar ainda mais.
Em princípio esta semana deverá haver festa de curso mas depois serão dadas mais notícias.
Cumprimentos

8 comentários:

Edu disse...

Mainada, já entramos a partir tudo! E quem não se lembra da cena do Ruben a arrumar carros?! =D

Anónimo disse...

E quem nao for a praxe? o q lhe acontece?

Kiyoshi disse...

O que lhe acontece? É ostracizado pela sociedade e obrigado a viver em exílio numa qualquer ilha do Pacífico. Na verdade não lhe acontece nada, ou melhor, fica com mais tempo livre, poupa as cordas vocais, mantém a roupa limpa, etc. Falo por experiência própria claro :P

Há que perceber que ninguém é obrigado a nada quanto à praxe, não estudo Direito mas parece-me que a Universidade estando inserida no território português obedece às mesmas leis deste e usufrui de uma certa liberdade em vigor desde 1974.

João Carlos disse...

Basicamente quem não vai á praxe ñ pode participar nas festas académicas que são dirigidas aos praxantes e aos praxados, mas de resto são pessoas como todas as outras. E como disse o kiyoshi: "fica com mais tempo livre, poupa as cordas vocais, mantém a roupa limpa" mas perde uma maravilhosa experiencia, falo por mim. Cumprimentos

annabel lee disse...

Sim, eu pessoalmente quando estive na praxe usufrui de várias experiências de teor alucinogénico com tribos da região do Sahara e participei em inúmeras orgias, o que fez com que criasse alguns laços de exímia amizade. Gostei. Repetirei certamente, assim que me for oportuno.

João Carlos disse...

Nem comento

Edu disse...

Quem não for à praxe...epá, é grave =D
Népia fora gozo, quem não for à praxe, simplesmente não vai e ponto final! Mas se quiser ir às festas acadèmicas e tal vai na mesma, não vai ser ninguém da praxe que o vai impedir!!
O melhor é mesmo experimentarem e depois decidirem!

Anónimo disse...

O joão carlos fez um comentário para dizer que não comentava ;)